Second Life Grid Status

terça-feira, 19 de março de 2013

Alma Bipolar - Meu primeiro AVATAR

Meu Primeiro Avatar:

Sully Carminucci

Alma Bipolar


Ser bipolar  é “além” de tudo...


Entrei para o SL por indicação da minha psiquiatra. Ela me mandou fazer um diário no Twiter e minha filha descobriu o Second Life. Fiz amigos , desfiz amigos , mas dois permaneceram desde sempre Anaiara  e Putão .

Na Bipolaridade há inúmeros padrões que não são padrões e necessariamente não tem tanto a ver com as nossas 3 fases distintas: Eufórica, normal, depressiva.
Minha intuição funciona muito bem... Adivinho, antecipo tudo... É esse o momento da sincronia, sei quando vou ver algumas pessoas, quando vai acontecer determinada coisa... E não penso em nada, eu simplesmente Sou.

No estado do nirvana ... Sou a essência e na depressão,  eu me isolo e esqueço  de fazer qualquer coisa...

Penso que a maioria das impressões que eu tenho das outras pessoas (sejam negativas ou positivas) são apenas reflexos do que eu estou sentindo por dentro (às vezes acho que o mundo é só uma extensão da minha mente). Então comecei a abençoar as pessoas, pedir perdão a elas, pedir que Deus as abençoasse e as enchesse de amor, e (o mais difícil de tudo) dizer que eu as amava também. O resultado foi simplesmente perfeito!
Algumas sumiram para sempre (O.0) e eu só dava por falta quando consultava minha agenda de pessoas que me  amam. LOL
Ou eu resolvia fazer uma “limpa” de amigos desconhecidos e acabava deletando geral. Sabe o que fiz ? Rasguei tudo que eu anotava. Cansei de ser um SER social.( Eu comecei a anotar tudo de novo. Me entusiasmei com o BLOG!)

Será que isso é um padrão bipolar? Por exemplo,a comunicação, tô sempre achando que não tô entendendo nada, ou parecido com isso. Não consigo acompanhar uma conversa e responder um MI e ainda não conseguir explicar as coisas direito. Depois da meia noite eu fico assim meio lenta. Aceito  a condição de "diferente", pois não me sinto “doente”. Me cobrar um comportamento, uma atitude, participação social; não dá certo! Não consigo  manter relacionamentos de tipo algum. Os que existem ou ainda existem; são gerados pelo amor alheio, e esses são muito raros. Nada preenche a sensação de isolamento, que, para  dizer a verdade, não é de todo ruim, é só a pressão que vem de fora que mais incomoda, e quando incomoda muito, o meu START dá um alerta . Esqueço. Esqueço de verdade. A opinião alheia sobre como eu vivo ou o que faço comparado a nada é a mesma coisa. Parece que as pessoas não aceitam alguém tão sem padrão.

Uma "avalanche" de pensamentos mirabolantes (Distúrbio do pensamento), volta da iniciativa e da criatividade (embora de forma desordenada, pois me empenho em 3 ou 4 projetos seguidos com auto-promessas de persistência e continuidade que vão sendo imediatamente e sucessivamente deixados de lado...) "Exacerbação dos Sintomas Negativos" . Hoje acordei de madrugada com vontade de respirar, pois os pensamentos estavam me sufocando... Penso dia e noite... sem trégua... mesmo dormindo, os pensamentos continuam de forma perturbadora...Sem equilíbrio, a vida é uma tortura! Mas eu preciso de um pouco de equilíbrio... O suficiente para manter em minhas mãos, as rédeas do meu SER.

Bem , é isso : Encontrei prazer na vida virtual , e agradeço a todos que passaram e ainda vão 
passar pelos meus “vão e vem”...




Joan Osborne - One of us (legendado em português)







Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...